Estudo sobre cartão de débito e custo cobrado de lojistas é avaliado pelo Banco Central

Após adoção de medidas para reduzir os juros cobrados pelas instituições financeiras nos cartões de crédito, que restringe o uso da linha de crédito pelos clientes bancários, O Banco Central retornou a sua atenção para o cartão de débito.

O presidente do BC, Ilan Goldfajn, anunciou nesta quarta-feira (13) a formação de um grupo de trabalho sobre o assunto, com o objetivo de estimular o uso do cartão de crédito, assim como analisar outras questões relativas a esse meio de pagamento.

Com a limitação do uso do cartão de crédito e um cenário de escassez de moeda em circulação, a medida “é um instrumento válido, que pode nos ajudar a economizar nos meios de pagamento em espécie”, avaliou o presidente do Banco Central.