Crescimento econômico sofre impacto pela demora da tramitação das reformas

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) estima crescimento de 1,1% do setor este ano. A taxa é aproximadamente quase um terço da estimada em dezembro, quando as indústrias esperavam um avanço de 3% para 2019.

Segundo o Informe Conjuntural divulgado pelo CNI nesta quinta-feira (11), as expectativas podem piorar, como o viés da estimativa é de baixa em função da tramitação das reformas estruturais da economia brasileira, é provável uma revisão deste número para baixo.

A Confederação revisou as estimativas para o crescimento da economia como um todo, passando de 2,7% para 2%.  O déficit primário caiu para 1,57% do PIB em dezembro para 1,39%. Enquanto que a estimativa para a dívida do setor público recuou de 79,5% para 72,2% do PIB.

Fale conosco

Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá


Tel: (91) 3242.0207 / 3223.1988
E-mail: adm@coreconpara.org.br​
Endereço​​​​​​: 

Rua Cônego Jerônimo Pimentel, 918 - Belém/PA
Cep: 66055-000

© 2017 por Ascom Conselho Regional de Economia - 9ª Região