Presidente do Cofecon cumpre agenda institucional em Belém

Durante os dias 16 e 17 de maio, o presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Wellington Leonardo da Silva, cumpriu agenda de trabalho na cidade de Belém, em conjunto com os presidentes dos Regionais do Amazonas e do Pará e Amapá, Francisco Mourão e Kleber Mourão, respectivamente. No decorrer da visita o presidente reuniu com o Superintendente da Sudam, Paulo Roberto, os Conselheiros do Corecon-Pa/Ap e o presidente do Banco da Amazônia.

Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia - SUDAM

O presidente do Cofecon, Wellington Leonardo da Silva, o presidente do Corecon-PA/Ap, Kleber Mourão, e o presidente do Corecon-AM, Francisco Mourão, participaram de reunião com o superintendente da Sudam, Paulo Roberto, na manhã de quarta-feira (16) para tratar sobre a responsabilidade dos projetos técnico-econômicos enviados para a Superintendência. A reunião aconteceu no prédio seda da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia, em Belém.

A atual legislação prevê que o projeto pode ser assinado por empresário ou economista. Porém, o presidente do Cofecon solicita alteração, passando a ter obrigatoriedade da assinatura e responsabilidade do profissional de economia. 

A alteração visa preservar o mercado de trabalho dos economistas e segurança jurídica sobre projetos, pontuou o presidente do Cofecon. Com isso, a prestação de serviço melhora e o economista responsável passa a ter propriedade intelectual sobre o projeto.

 

Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá – Corecon-Pa/Ap

Na tarde da quarta-feira (16) o presidente do Corecon-Pa/Ap, Kleber Mourão, os Conselheiros regionais, Antonio Ximenes e João Tertuliano Lins, o Conselheiro federal, Sávio Tourinho, o presidente do Corecon-AM, Francisco Mourão, e a Conselheira titular do Corecon-AM, Bianca Mourão, participaram de reunião com o presidente do Cofecon, Wellington Leonardo da Silva, na sede do Regional do Pará.

A reunião teve como pauta a o reconhecimento do economista como responsável técnico dos projetos submetidos ao Banco da Amazônia e a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia. Fiscalização do exercício legal da profissão e educação financeira foram outros temas abordados, esses são dois pontos que mostram ao público em geral e ao próprio economista as ações desempenhadas pelo Regional.

 

Banco da Amazônia

Durante o 2º dia em cumprimento a agenda de trabalho, o presidente do Federal, Wellington Leonardo da Silva, o presidente do Corecon-AM, Francisco Mourão e o Conselheiro Regional, Antonio Ximenes, participaram de reunião com o presidente do Banco da Amazônia, Valdecir José de Souza Tose, na sede do Banco, em Belém.

No entendimento do Cofecon, o plano de negócios elaborado para os projetos submetidos ao Banco existem elementos que são privativos do profissional de economia, por isso a necessidade de apresentar atestado de responsabilidade técnica (ART) no projeto de viabilidade econômica, assinada por economista habilitado e em dias com os Regionais.

O interesse não é avançar para a área do contador e nem do administrador. O interesse é contribuir para que o desenvolvimento aconteça para todos. Complementou Wellington Leonardo da Silva. O Conselho Federal de Economia enviará ofício com levantamento dessas questões ao Banco da Amazônia. Esta ação ajuda na transparência e legitima o papel do Federal.

O presidente do Banco da Amazônia, Valdecir José de Souza Tose, afirmou que “a indagação é valida e será avaliada internamente pelo Banco, pois os profissionais de administração, contabilidade e economia se complementam, apesar de alguns pontos específicos.”

Fale conosco

Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá


Tel: (91) 3242.0207 / 3223.1988
E-mail: adm@coreconpara.org.br​
Endereço​​​​​​: 

Rua Cônego Jerônimo Pimentel, 918 - Belém/PA
Cep: 66055-000

© 2017 por Ascom Conselho Regional de Economia - 9ª Região