Inflação de baixa renda recua em fevereiro

Pressionada pela queda dos preços de alimentos e de cursos, a inflação percebida pelas famílias de baixa renda recuou em fevereiro, de acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que registra a inflação para as famílias com renda entre 1 e 2,5 salários mínimos, apresentou variação de -0,01%, taxa 0,51 ponto percentual menor que a apurada em janeiro, quando o índice alcançou a variação de 0,50%.

Com esse resultado, o indicador acumula alta de 0,49% no ano e de 1,94% nos últimos 12 meses.

Das oito classes de despesa que entram no cálculo do indicador, sete apresentaram recuo de preços:

Alimentação (1,19% para -0,31%)

Transportes (1,77% para 0,76%)

Educação, Leitura e Recreação (2,24% para -0,18%)

Vestuário (0,19% para -0,72%)

Comunicação (0,08% para -0,10%)

Saúde e Cuidados Pessoais (0,18% para 0,17%)

Despesas Pessoais (0,14% para 0,13%)

Fale conosco

Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá


Tel: (91) 3242.0207 / 3223.1988
E-mail: adm@coreconpara.org.br​
Endereço​​​​​​: 

Rua Cônego Jerônimo Pimentel, 918 - Belém/PA
Cep: 66055-000

© 2017 por Ascom Conselho Regional de Economia - 9ª Região