Projeção de crescimento da economia recua para 2,7%

A projeção para o crescimento da economia voltou a reduzir, de acordo com a estimativa do mercado financeiro o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no Brasil, passou de 2,75% para 2,70%.

Na semana anterior, a projeção ficou estável em 2,75%, após quatro quedas seguidas. Para o próximo ano, a previsão permanece em 3%.

Os números foram divulgados no Boletim Focus, publicação divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), em Brasília.

Segundo o Boletim, o mercado financeiro manteve a estimativa para a inflação, medida pelo índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 3,49% para este ano. Para 2019, a projeção permaneceu em 4,03%.