Botijão de gás de cozinha ficará mais barato nas refinarias

A partir de amanhã (19), o botijão de gás de cozinha ficará 5% mais barato nas refinarias. Segundo a Petrobras, a diretoria executiva aprovou a revisão política de preços de gás liquefeito do petróleo (GLP) residencial, o chamado gás de cozinha. Novos critérios foram definidos para os reajustes que permitirão a redução do preço do produto. A revisão de preços passará a ser trimestral e não mensal, como era antes.

Em 2017, o botijão de gás alcançou um aumento de 16%, gerando um dos principais impacto no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O que muda com a nova política de preços?

- Os ajustes de preços passam a ser trimestrais em vez de mensais, com vigência no dia 5 do início de cada trimestre.

- O período de apuração das cotações internacionais e do câmbio que definirão os percentuais de ajuste será a média dos 12 meses anteriores ao período de vigência.

- Reduções ou aumentos de preços superiores a 10% terão que ser autorizadas pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços.

- Criação de um mecanismo de compensação que permitirá comparar os preços praticados segundo esta nova política e os preços que seriam praticados de acordo com a política anterior.

- Em 2018, excepcionalmente, o cálculo da variação do preço seguirá a seguinte regra de transição: redução imediata de 5% no preço vigente a partir de 19/01, apurado com base nas médias das cotações internacionais e do câmbio de 01 a 12/01/2018.

Fale conosco

Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá


Tel: (91) 3242.0207 / 3223.1988
E-mail: adm@coreconpara.org.br​
Endereço​​​​​​: 

Rua Cônego Jerônimo Pimentel, 918 - Belém/PA
Cep: 66055-000

© 2017 por Ascom Conselho Regional de Economia - 9ª Região