Belém tem saldo positivo de empregos formais até novembro de 2020

3.png

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese-PA) publicou dados sobre os registros de empregos formais em Belém. Segundo o Departamento, a capital paraense apresentou saldo positivo no registro de empregos formais entre janeiro e novembro de 2020, ocupando o segundo lugar no ranking das capitais que mais geraram empregos.

Nos 11 primeiros meses de 2020, em comparação entre admitidos e desligados, Belém criou 3.638 postos de trabalho, com 76.110 admissões contra 72.472 desligamentos. Parauapebas foi o município do estado que registrou o maior saldo positivo de empregos de carteira assinada, com 9.139, com 31.718 contratações e 22.579 demissões, um aumento maior do que no mesmo período de 2019, quando foram abertos 1.034 novos postos de trabalho.

O setor da construção civil e comércio foram os que apresentam maior crescimento, com 1.621 e 1.407 novos postos de trabalho, respectivamente. Do outro lado, o saldo negativo ficou por conta do setor de serviços, com perda de 406 postos de trabalho