Vendas do varejo caem 3,1% em agosto ante julho, aponta IBGE

2.png

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou, nesta 4ª feira (6.out), que as vendas do comércio varejista recuaram 3,1% em agosto, na comparação com o mês anterior (2,7%). Segundo a entidade, seis das oito atividades avaliadas apresentaram queda no período.

O setor de artigos de uso pessoal e doméstico foi o mais afetado, com queda de -16,0%. Em seguida, estão os setores de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-4,7%), combustíveis e lubrificantes (-2,4%), móveis e eletrodomésticos (-1,3%), livros, jornais, revistas e papelaria (-1%) e hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,9%).

As duas atividades que tiveram variação positiva no volume de vendas em agosto foram tecidos, vestuário e calçados (1,1%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,2%). Com isso, as vendas no varejo acumulam alta de 5,1% no ano e crescimento de 5% nos últimos doze meses.

Já no comércio varejista ampliado, que inclui, além do varejo, veículos e materiais de construção, o volume de vendas caiu 2,5% em agosto na comparação com julho. A atividade de veículos, motos, partes e peças teve variação positiva de 0,7%, enquanto material de construção variou negativamente (-1,3%).

Fonte: SBT News