Lojistas de Belém pedem suspensão de pontos facultativos

1.png

O Sindicato do Comércio Varejista e dos Lojistas de Belém (Sindilojas) solicitou ao Governo do Estado e Prefeitura de Belém que não sejam declarados ponto facultativo nos dias de Carnaval e os dias imprensados que causam os feriadões. Segundo o Sindilojas, os feriados prolongados atrapalhariam o movimento do comércio da capital.

No ofício enviado ao governador Helder Barbalho e ao prefeito Edmilson Rodrigues, a entidade informa que já há um acordo pré-estabelecido com os trabalhadores do setor de que nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro, período do Carnaval, o expediente de trabalho será normal, uma vez que não haverá comemorações, festas e desfiles.

Os empresários pedem ainda que não seja decretado ponto facultativo em outras datas: 1º de abril (quinta-feira santa), 4 de junho (sexta, dia seguinte ao dia de Corpus Christi), 6 de setembro (segunda, véspera do feriado de 7 de setembro), 11 de outubro (segunda, véspera do dia de Nª Srª Aparecida) e 1º de novembro (segunda, véspera do dia de Finados).

Informações: DOL