Aumento de exportações industriais traria R$ 376 bi para economia

A volta das exportações da indústria nacional aos patamares de 2008 injetaria até R$ 376 bilhões por ano para a economia brasileira e conservaria 3,07 milhões de empregos. A estimativa foi elaborada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e será divulgada hoje (18), durante o Encontro Nacional da Indústria 2020.

Os dados consideraram os impactos diretos e indiretos, além do pagamento de tributos e a elevação da renda, de um eventual ganho nas exportações de manufaturados ao pico, observado no fim da primeira década do século. De 2005 a 2008, o Brasil exportou, em valores totais, 0,8% dos produtos industrializados em todo o planeta. Neste período, a participação caiu para 0,6%.

Segundo a CNI, caso a participação tivesse sido mantida, as exportações industriais subiriam dos atuais US$ 82,2 bilhões por ano para US$ 105,3 bilhões anuais, alta de 28,1%. Segundo a entidade, cada US$ 1 bilhão exportado a mais por ano gera R$ 4,4 bilhões para a economia brasileira – em impactos diretos, indiretos, sobre impostos e sobre renda – e sustentaria 36.004 postos de trabalho.

Fale conosco

Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá


Tel: (91) 3242.0207 / 3223.1988
E-mail: adm@coreconpara.org.br​
Endereço​​​​​​: 

Rua Cônego Jerônimo Pimentel, 918 - Belém/PA
Cep: 66055-000

© 2020 por Ascom Conselho Regional de Economia - 9ª Região