Gás de cozinha no Amapá pode ser comercializado por R$100 após aumento de 5% da Petrobras

2.png

O Sindicato dos Revendedores de Gás do Amapá (Sinergás) prevê que o preço do gás de cozinha no estado deve atingir R$ 100 nos próximos dias. O avanço acontece em decorrência do reajuste em 5% no preço médio do GLP anunciado na quinta-feira (3) pela Petrobras.

O reajuste para o consumidor final será de até R$ 2,50. Ou seja, o botijão de gás que, antes do reajuste, era vendido por R$ 98 deve começar a ser comercializado por R$ 100.

Com a medida, as revendedoras passam a pagar, em média, R$ 33,89 pelo botijão de 13 quilos. Esse foi o décimo reajuste de 2020 feito pela Petrobrás. Com isso, o produto acumula alta média de 21,9% no valor, somente este ano.