Ações do Facebook fecham em queda de 4,89% em dia de sites fora do ar

1.png

As ações do Facebook fecharam o pregão desta 2ª feira (4.out) com queda de 4,89% -- a US$ 326,32 (R$ 1.780,14) -- na Nasdaq, a Bolsa de Valores de Nova York caracterizada por reunir empresas de alta tecnologia. Na B3, a Bolsa de São Paulo, a desvalorização foi de 3,96%, com os papéis da empresa valendo R$ 63,85.

O dia foi marcado por instabilidades nos aplicativos e sites da companhia de tecnologia de Mark Zuckerberg. Quem tenta acessar o Facebook, Instagram e WhatsApp, desde o começo da tarde, percebe que as páginas não atualizam ou aparecem como fora do ar. Em nota enviada ao SBT News na noite desta 2ª feira, o Facebook pede "sinceras desculpas a todos os afetados pela interrupção dos serviços". Ainda de acordo com o comunicado, as equipes da empresa "estão trabalhando para resolver essa situação o mais rápido possível".

O valor mínimo alcançado pelas ações da empresa na Nasdaq nesta 2ª foi de US$ 322,70 (R$ 1.760,39), enquanto o máximo ficou em US$ 335,94 (R$ 1.832,62). Já na B3, os preços mínimo e máximo foram de R$ 62,66 e R$ 65,48, respectivamente. A Bolsa americana fechou em queda de 2,14%, a 14.255,48 pontos. Já o Ibovespa caiu 2,22%, indo a 110.393,09.

Fonte: SBT News