Limitadas pelo lockdown, vendas do comércio varejista caem 10% em março no Amapá

1.png

O mês de março terminou com queda de 10,1% nas vendas do comércio varejista no Amapá, na comparação com fevereiro. Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram o impacto no setor das medidas de lockdown, decretado pelo governo e que durou 25 dias.

Como forma de conter o avanço de casos e internações pela Covid-19, a partir de 18 de março foram definidas medidas mais rígidas para o funcionamento de atividades econômicas, sendo limitadas apenas aos serviços essenciais.

Entre os setores mais afetados em março, estava o de vestuário e calçados, que nacionalmente teve queda de 50%. Com o lockdown, as vendas foram limitadas apenas ao delivery.

A queda de 10,1% na comparação com fevereiro foi a 3ª pior do país, atrás apenas do Ceará (-19,4%) e Distrito Federal (18,1%). Os dados integram a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC).

O IBGE detalha que apesar da queda em relação ao mês anterior, o estado apresentou bom desempenho na comparação com o mesmo período de 2020, ainda no início da pandemia.

Fonte: G1 AP